sábado, 14 de setembro de 2013

Reeducação alimentar


Amigos,
a gente pensa que não vai conseguir, mas é totalmente possível dizer NÃO!
Estou muito feliz com minha amiga Isabela (da faculdade), ela está dizendo a palavrinha mágica NÂO!
NÃO para os doces, confeitos, chocolates e etc....
Hora de intervalos todos corremos pra cantina da faculdade e ela vai apenas nos acompanhando.... parabéns Bela, você vai conseguir alcançar suas metas.
A reeducação alimentar é o grande segredo do sucesso contínuo do emagrecimento.
A dieta é temporária, logo vai passar e aí? Você vai voltar a engordar?
Temos que nos reeducarmos... comer a cada 3 horas pra não sentir fome em excesso e na refeição seguinte cometer aqueles exageros que destroem qualquer regime.
tomar bastante líquido, inclusive o chá verde, se você não tiver nenhuma contra-indicação para o mesmo, pois ele elimina toxinas e retenções de líquidos, sucos, frutas e verduras.
Substituir os lanches saborosos mas nem um pouco saudável como coxinhas, bolos, toratas, sorvetes, por barras de cereais, pães integrais, bolachas, queijo polenguinho... é uma delícia e dá pra levar na bolsa tranquilamente.
Aprendi a Jantar o inhame, sopas porque só pão não dá né gente... não oferece nutrientes e engorda mesmo.
E nós que fizemos a bariátrica temos que ser mais vigilantes ainda, pois sabemos o que sofremos numa mesa de cirurgia pra jogarmos tudo forma por gula...
Dá pra controlar sim!
Precisamos ingerir nutrientes pois a nossa absorção é de 50% em média do que comemos. Como comemos pouco devido a redução de estômago temos mesmo que nos preocupar com a alimentação e dá a ela a devida atenção. Com isto evitamos anemias, ter que tomar sangue, termos que tomar Vitaminas injetáveis. 
É uma cirurgia que ajuda muito, mas que requer cuidados para o resto da vida. 
Pensem com carinho nisto e boa alimentação pra todos!

Vamos em frente, sempre com Jesus!!!

fotos abaixo pra vocês me acompanharem:



domingo, 25 de agosto de 2013

Voltando...


Oi gente, 
até que enfim estou voltando!
Senti saudades, confesso, mas a correria do dia-a-dia aliada a faculdade, trabalho, médicos e etc... 
Aff! Cansei só em digitar.. a rotina nos fadiga e as postagens ficam sempre para o outro dia e terminam não acontecendo.
E já volto, contando pra vocês que acabei de ter um dumping - comi uma fatia de bolo depois de muito tempo sem fazer e o dumping chegou valendo, como falamos kkkk
Horrível! Enjôo, náusea, vontade de vomitar... 
A mente gosta daquilo, libera aquela vontade de comer mas o corpo rejeita.
Disciplina! Palavra chave para um gastroplastizado.
Após o primeiro ano, as novidade não são tantas, mas a maior lição é esta - disciplina.
Precisamos, mais do que nunca de disciplina; nos horários para alimentação,  remédios, exercícios físicos e a alimentação. Não podemos nos dá o luxo de passarmos o dia comendo besteira, sandubas, coxinhas, frituras...
Precisamos de uma alimentação equilibrada para mantermos a nossa saúde em perfeito estado, longe das anemias, diabetes e etc...
Acho que vocês estão perguntando sobre meu peso. Estou com 62.5kg. 
Me sinto ótima assim... Não quero emagrecer mais. Espero conseguir manter.
No mais, como de tudo e só sinto desconforto em comer doces devido ao dumping, que alíás me ajuda a voltar a comer doces que sempre foi uma tentação para mim.
Fui ao meu cirurgião, Dr. Arnaldo, ele me solicitou os exames de rotina para acompanhar as taxas, farei na próxima terça-feira e posto os resultados pra vocês.
Ah! Fiz aniversário no dia 01 de agosto, meu primeiro aniversário magra... Foi maravilhoso!
Continuo devendo o vídeo com minhas fotos. mas irei cumprir.
Vamos em frente, sempre com Jesus.

terça-feira, 28 de maio de 2013

01 ano - gloria a Deus!


Gente, passou rapido demais...
Confesso que imaginei que sairia pra festejar, tiraria muitas fotos, enfim... 
mas as coisas nao sao como imaginamos e sim como nosso bom Deus quer.
Estou de "molho", cirurgiada mais uma vez, mas dando gloria a Deus, por todas
as bencaos que Ele tem me concedido.
Fazendo uma analise rapida, fiz 3 cirurgias em 1 ano e a que mais doeu foi a vesicula, seguida
pela apendicectomia. A reducao foi tranquila, senti pouquissimas dores e me recuperei rapido.
Voce deve estar se perguntando se eu faria a reducao novamente? Eu fazia esta pergunta a todos
que eu sabia que tinha feito a reducao...
- Eu faria tudo outra vez!!!
Tenho outra vida, com mais qualidade. Posso cruzar as pernas, uso o numero 40 (manequim), subo e desco
escadas tranquilamente, me sinto mais bonita.
Estou devendo o filme com as fotos pra vcs, mas a cirurgia de emergencia nao deixou que eu o realizasse esta semana. 
Aguardem, logo, logo o filme estara pronto.
Vamos, em frente amigos, sempre com Jesus!
Feliz demais.


sábado, 25 de maio de 2013

Apendicectomia



Meus amigos,

infelizmente, sofri uma apendicectomia de emergência, na madrugada do dia 22/05/13.
Fui à emergência com  muitas dores e o diagnóstico foi apendicite.
Como disse Jesus: Não sabemos nada do dia do amanhã.
Graças a Deus estou em casa.
Não vejo a hora de concluir o vídeo de 1 ano de gastroplastizada que prometi a vocês.

Para quem tem dúvidas sobre o que é a apendicite, segue abaixo uma breve descrição.

Vamos em frente, sempre com Jesus!

apendicectomia é uma intervenção cirúrgica destinada a proceder à remoção do apêndice vermicular (também designado de ileocecal), uma pequena estrutura tubular, que se constitui como um pequeno prolongamento do ceco, a porção inicial do intestino grosso. Esta intervenção surge em sequência do surgimento de uma apendicite, isto é, uma infecção do apêndice. A apendicite pode ser do tipo crónico, de evolução lenta, ou agudo, necessitando de intervenção cirúrgica imediata, já que uma das evoluções possíveis é a morte, por gangrena do órgão e expansão da infecção à restante cavidade abdominal, podendo mesmo ocorrer o rebentamento do apêndice. Entre estas duas formas extremas, situa-se um contínuo de gravidade de quadros clínicos de apendicite, cujo aparecimento depende de determinados factores, como a estrutura linfóide do órgão, o tipo de inervação, grau de vascularização, tipo de microrganismos presentes e posição, entre outros.
A apendicite é uma doença de ocorrência universal e frequente, afectando uma em cada 500 pessoas. Embora possa ocorrer em qualquer idade, raramente surge em crianças com menos de seis anos.
Os sintomas caracterizam-se pelo surgimento de uma dor na zona abdominal inferior, no quadrante direito, que se inicia próximo ao umbigo e se prolonga para baixo e para a direita, sendo acentuada pelo movimento corporal. Surge também sensibilidade ao toque no abdómen, podendo ser acompanhada de alterações do trânsito intestinal (diarreia ou prisão de ventre), vómitos, náuseas, febre pouco elevada, perda de apetite e abundantes suores na zona abdominal.
A inflamação do apêndice pode decorrer de uma infecção por microrganismos, a nível do tracto digestivo ou devido a qualquer problema que origine uma obstrução das fezes.



segunda-feira, 29 de abril de 2013

11 Meses... meta alcançada!

Nem completei 1 ano ainda e já alcancei minta meta inicial - perder 31 kg.
 Quando operei tinha 95.0 kg e hoje 63.9 kg... é bom demais tudo isso!
Me sinto menos cansada, depois que comecei tomar o sulfato ferroso para combater a amenia.
Devidos aos problemas de saúde que enfrentamos nos últimos meses ainda não comecei a malhar, mas quero começar o m ais rápido possível. 
Endurecer as carnes, como falamos no popular...kkk
Mas, em síntese,me sinto muito bem. 
É ótimo olhar no espelho e ve meus ossinhos aparecendo.
Estão todos me pedindo um vídeo destes últimos 12 meses que mudaram drasticamente minha vida. 
Onde renasci - é esta a verdade.
Vou preparar e postar para todos verem o que Deus fez em minha vida. 
Pois só Ele pode mudar tudo. 
Ele é o Deus do impossível.
Agradeço todos os dias a Ele.
Vamos em frente amigos, sempre com Jesus!

Antes e depois de 11 meses amigos... bom demais!!!






quinta-feira, 11 de abril de 2013

Anemia Ferropriva


Fiz novos exames e novamente deu um pouco de anemia ferropriva. 
Em consulta com a nutricionista, ela orientou uma dieta rica em ferro.
O clinico receitou sulfato ferroso para complementar o ferro que preciso diariamente e não consigo absorver devido a cirurgia  de redução de estômago.

A anemia provoca queda de cabelo, unhas quebradiças, dores no corpo e pernas, inchaço nos tornozelos e um cansaço horrível! 
Tudo que me atormenta...kkkkkk

Estou caprichando na alimentação e tomando o sulfato ferroso, espero me livrar logo deste cansaço.



A anemia por deficiência de ferro, ou anemia ferropriva, é a mais comum de todas as anemias. 
Constituem grupo de risco para a anemia ferropriva as mulheres em idade fértil, idosos, crianças e adolescentes em fase de crescimento, e indivíduos que passaram por cirurgia de redução de estômago. No entanto, qualquer pessoa pode desenvolvê-la, se não receber a quantidade adequada de ferro na dieta ou tiver dificuldade de absorção, que ocorre sobretudo nos intestinos e pode ser mais eficiente quando associada à ingestão de vitamina C e proteínas.

Fico impressionada com os mitos que observei na internet e nas conversas com os colegas de forma geral sobre os alimentos que possuem ferro. A beterraba ganha em disparada para todos. Porque? 
- A cor. kkkk 

A beterraba só tem cor de sangue mas não tem quase nada de ferro!!!! 
Em 100 gramas de beterraba crua encontramos apenas 0,8mg de ferro!! 


beets Anemia ferropriva  mitos e verdades



Vamos em frente amigos, sempre com Jesus!


quinta-feira, 28 de março de 2013

10 meses - manequim 40


Oi gente,
hoje completo 10 meses de gastroplastizada - nome bonito não? kkk
Assim que acordei, fui tomar banho e me pesar:
... 65.3 kg
Só faltam 300 gramas para minha meta, apesar da minha nutricionista atual, pois a que vinha me acompanhado não está atendendo devido um mestrado, achar que ainda precise mais uns 2 kilos.  
Já me acho tão magra que está bom demais assim.
Mas, tenho a consciência que parar de emagrecer não é tão fácil assim. Vou me esforçar!
Meu cirurgião já me liberou para as atividades físicas, devido a retirada da vesícula, mas ainda não comecei a musculação devido ao meu maridão ainda se encontrar de muletas devido a ruptura do tendão paletar e consequentemente precisa que eu o leve a fisio todos os dias, além de precisar de ajuda para as atividades rotineiras do dia-a-dia...
Fazendo uma rápida avaliação destes últimos 10 meses, cheguei a conclusão que faria tudo de novo. Consegui meu maior objetivo que era deixar a diabetes e as insulinas; emagreci praticamente 30 kg; deixei o manequim 48/50 por 40 e sinto que deixei 15 anos para trás, 15 anos de gordura que pesavam nos ombros e despontavam no espelho. A sensação de rejuvenescimento é ótima.
Você deve estar me perguntando se só é coisa boa?
- Respondo que em suma sim, claro que sentimos o cansaço do corpo gritar por interpretar que estamos doentes, os cabelos perdem a vitalidade e caem bastante pelo mesmo motivo mas não interferem no sentimento de sucesso.
Breve postarei fotos novinhas para vocês.
E se você, tá em dúvida, ore a Deus e com sua permissão siga em frente. Não tenha medo do novo. As mudanças são necessárias para sermos mais felizes.
Vamos em frente amigos, sempre com Jesus!



sexta-feira, 22 de março de 2013

Novas regras para cirurgia bariátrica


Amigos, esta semana os obesos ganharam uma forcinha na luta contra a obesidade. 
Tanto os adolescentes, a partir dos 16 anos, quanto os mais velhos, que não podiam operar devido às restrições da idade previstas por lei; agora todos podem realizar a cirurgia e se livrarem
deste mal que é a obesidade.
Só não podemos esquecer que a cirurgia bariátrica não é milagre e depende e muito dos esforços diários para o sucesso total almejado.
Vejam abaixo, link completo falando a respeito.
Vamos em frente, sempre com Jesus!

http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2013/03/ministerio-da-saude-publica-novas-regras-para-cirurgia-bariatrica-no-sus.html





sexta-feira, 8 de março de 2013

... Enfim, a casa dos 65 kg



Gente,
65.9 kg - nem acredito!!!
Depois de longos anos na casa dos 90 e tantos... cheguei a casa dos 65 kg...
Nunca mais quero fazer o caminho de volta.
kkkkkkkkk

Cortei mais um pouco o cabelo de vido a queda.
Aff! Parece que o cabelo não se sustenta na cabeça... kk
foto novinha pra vcs:


Hoje, especialmente é o meu 1ºdia das mulheres magra.

É tudo muito novo.
Na próxima segunda-feira, começarei faculdade de direito. Estou entusiasmada e feliz.

Por hoje é isto amigos, e vamos em frente, com Jesus sempre!
Bjs





quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

09 Meses...




Olá amigos,

vocês devem ter estranhado minha ausência nos últimos dias. Nada de Facebook, internet, blog, igreja, trabalho, etc...  Enfim, parei literalmente.
Vou resumir para vocês o que aconteceu. Fiz a cirurgia de retirada de vesícula e com 10 dias após. ainda com o umbigo inflamado e com algumas dores, meu maridão sofreu uma ruptura do tendão patelar completa. Pra quem nunca ouviu falar nisso vou popularizar explicando que é o mesmo caso de Ronaldinho fenômeno, que o afastou dos campos por um longo período. A imagem da queda dele é exatamente igual a que acometeu meu maridão. Infelizmente ele só tem o mesmo problema físico, no dinheiro quanta diferença...kkkkk
Enfim, fiquei com ele no hospital mesmo operada. passava o dia junto com minha cunhada ou cunhado no hospital, meu filho dormia porque eu não podia dormi devido a cirurgia recente.
Foi uma loucura amigos!
Graças a Deus a cirurgia foi um sucesso. Ele está em casa de repouso, o processo de recuperação é muito lento e ele inicia a fisioterapia na próxima semana.
Glória a Deus que nos tem sustentado.
Quanto à barátrica que é de fato o que nos interessa neste blog...kkkk Estou pesando 66.5 kg ou seja eliminei 28.5kg nestes 10 meses.
Não é pouco; já vi algumas pessoas eliminarem bem mais que isso em 10 meses mas a minha meta é de perder 30 kg quando fiz a cirurgia.
Então, em breve voltarei a nutricionista para ela adaptar meu cardápio pois não quero emagrecer muito e sei que esta cirurgia lhe proporciona uma perda de peso durante 2 anos. Não quero ficar muito magra.
No mais meus amigos, continua tudo muito bem, na dispensação do Senhor.
Continuo comendo de tudo um pouco e não passo mal. Com exceção dos doces, claro, devido ao santo dumping.
Cortei um pouco mais meu cabelo devido a queda, amanhã posto novas fotos para vocês.
-E o espelho?
-Dizendo que sou linda toda vez que olho para ele kkkk...
E vamos em frente amigos, sempre com Jesus!



quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Medo de comer após a bariátrica


Esta semana, minha irmã conversava comigo sobre uma amiga dela que fez a bariátrica há mais ou menos dois anos e agora diz não conseguir comer. Ela está com 50 kg e desnutrida.
Quem vê as fotos, de "antes" e "depois", de obesos acha impossível uma pessoa se sentir infeliz após se livrar de dezenas de quilos. As pessoas só falam do sucesso, do resgate da auto-estima, da melhora considerável da saúde. Esses são, de fato, os resultados obtidos pela maioria - afinal, depois de muito esforço e privações, a obesidade foi vencida.
Mas o que fazer quando comer dá medo?
Lembro-me bem, que quando tive a dieta livre liberada pela nutricionista, senti medo quando comi meio pão. Associava o que comia com ganho de algumas gramas e corria pra balança pra vê se o ponteiro tinha subido.
Logo me lembrava da minha psicologa, me alertando sobre o perigo da anorexia e do bloqueio para uma alimentação normal e saudável.
Me esforcei muito; dizia pra mim mesma, você está se alimentando corretamente e numa quantidade excelente, o emagrecimento será natural e você só absorve 50% do que come, então deixa de besteira Jacqueline... kkkk
E assim, fui conseguindo me alimentar normalmente e hoje como de tudo de forma controlada.
Li uma matéria sobre este medo de comer após a bariátrica e quero compartilhar um trecho com vocês:

"Um levantamento feito pela psicóloga Maria Isabel Rodrigues de Matos, do Ambulatório de Obesidade Mórbida da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), SP, mostra que em cerca de 20% dos pacientes que se submeteram à cirurgia bariátrica emergiram problemas psicológicos. O pior desses dados, segundo a especialista, é que os casos tendem a se agravar à medida que o paciente não leva adiante o tratamento com uma equipe multidisciplinar, no pós-cirúrgico.
Os transtornos podem ser provocados pelo medo de comer e engordar ou a não adaptação à nova imagem
"A obesidade é uma doença crônica e deve ser tratada a vida inteira. Não é porque o paciente fez a redução de estômago que o problema acabou. Todo o processo de adaptação ao emagrecimento rápido e ao novo corpo deve ser acompanhado de perto por vários motivos, entre eles para a adaptação à nova imagem corporal", orienta a psicóloga.
"Essa preocupação é grande porque não são poucas as pessoas ansiosas, deprimidas e compulsivas que, se não acompanhadas com atenção, tendem a desenvolver outros transtornos. Os problemas mais comuns são bulimia ou anorexia, compulsão por compras, drogas ou sexo, alcoolismo, dependência de drogas e, no limite, até tentativas de suicídio", justifica a psicóloga.
Evite anorexia e bulimia 
Para Maria Isabel, o medo de voltar a engordar é tão grande que certas pacientes podem desenvolver esses transtornos, justamente depois da fase mais difícil de adaptação à convalescença, aquela em que a perda de peso ocorre mais rapidamente: os três primeiros meses.
Ou seja, mesmo após esse período, continuam a reduzir drasticamente o consumo e ficam anoréxicas. "Outras, que extrapolam nas quantidades, sentem- se culpadas pela comilança e acabam provocando vômito ou diarréia, como forma de expulsar o excesso ingerido. Pronto: até chegar nesse estágio, já desenvolveram a bulimia", explica.
"Sem contar que existem pessoas que não conseguem viver com tamanha privação alimentar. Não acham mais graça na vida, mesmo tendo a consciência de que essa era a única alternativa para ter saúde, e, então, caem em depressão", complementa Maria Isabel.
Sacrifícios insuportáveis 
E não é difícil encontrar pacientes que trocam a comida por outro tipo de compulsão. "Eles substituem o objeto de desejo. Na verdade, o problema tinha começado lá atrás. Antes, eles trocavam a falta de afeto e a ansiedade pela comida. Tinham uma fixação pelo ato de comer, sua rotina girava em torno disso. Quando são operados, ficam privados do seu grande prazer", explica.
"Precisam ir em busca de outra fonte de prazer, que de um modo geral foca nas compras, nos jogos, no sexo ou no álcool", diz a psicóloga. Depois da operação, mudam também as relações sociais, até porque muitas estavam estabelecidas em função da obesidade.
"É bom lembrar que o cirurgião opera o corpo, mas não a cabeça, e alguns pacientes não conseguem suportar tantas mudanças", complementa Daniel Lerario, endocrinologista do Hospital Albert Einstein, de São Paulo."

Fica o alerta meus amigos.
SE você está passando por algo descrito acima, procure urgentemente um psicólogo para lhe ajudar. Não sinta vergonha de pedir ajuda. Você conseguirá superar!

Vamos em frente amigos, sempre com Jesus!


segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

e já se foram...

Meus amigos, infelizmente não postei nada no dia 28 de Janeiro quando completei 8 meses de gastro. Queria muito ter postado fotos, mas as circunstâncias não permitiram.
No dia 27 de Janeiro de 1995, me casei com meu maridão a quem tanto amo. Exatamente, 18 anos após eu   o esperava para jantarmos em algum restaurante, irmos ai cinema... mas recebo um telefonema dizendo que ele havia caído e precisaria de uma cirurgia.  
Meu maridão rompeu o tendão patelar completo.
O mesmo caso de Ronaldinho mas sem o dinheiro né... kkkkk

Ele tinha ido a confraternização da banda ônix, qual ele é o vocalista, uma banda gospel.
E jogando bola, caiu com uma forte dor no joelho. 
Amigos fiquei louca, coloquei o primeiro vestido que vi - ele estar super folgado - e fui para o hospital São Marcos para resolver a parte burocrátrica. 
No outro dia, quando todos já estávamos mais calmos este bendito vestido serviu de chacotas e muito risos pois cabia 2 de mim dentro. kkkkkk
Detalhe que não posso esquecer, eu estava com 9 dias de cirurgia de retirada de vesícula.
Enfim, foi uma verdadeira loucura...
Graças a Deus todos meus cunhados se fizeram presente. Minhas irmãs, nossos amigos e nosso filhão que virou um grande enfermeiro para nossa surpresa... kkk
Conseguimos nos revesar no hospital e ele fez a cirurgia na ultima quarta e recebeu alta na sexta porque sentia muitas dores. Passava o dia todo no hospital ao lado dele e vinha para casa a noite pois não havia como dormir numa poltrona estando cirurgiada e cheia de pontos.
Não emagreci, ainda estou 67.5Kg. 
A vesícula que foi retirada levamos para biópsia mas levarei o resultado para Dr. Arnaldo no dia 14/02.
Vou retomar a escrita do meu livro e vou contando as novidades a vocês. 

Graças a  Deus, não quebrei nenhum porto, nem peguei nenhuma infecção...
Deus cuida de mim e de todo nós meu amigos.
Vamos em frente amigos, sempre com Jesus.




sábado, 19 de janeiro de 2013

Gastroplastizada e sem vesícula...

Quando eu poderia imaginar que iniciaria o ano de 2013 gastroplastizada e sem vesícula biliar.
Mas é exatamente isto que ocorre no momento.
Fiz a retirada da vesícula como previsto no dia 17 de Janeiro e para honra e glória de cristo, tudo ocorreu muito bem.
Senti um pouco de dores assim que cheguei no quarto, mas logo fui medicada e as dores foram passando.
Desta vez não fui entubada como na gastroplastia, apenas recebi aquele cheirinho sedativo.
Meu médico me deu 30 dias para recuperação.
Tenho que ficar longe de gorduras e frituras por um bom tempo.
Meus amigos ligaram, mas não podemos falar após cirurgia devido aos gases que causam transtornos como dores; me senti amada... como é bom ter pessoas que nos querem bem.
Estou com a barriga inchada devido ao gás que lançam na barriga para deslocamento melhor dos órgãos envolvidos.
Hoje está ocorrendo no encontro de gastroplastizados na casa da Danielle Santana, e eu aqui de molho... aff!! Já é o segundo que perco por motivos de doença.
Quero muito ir no próximo...
Agora quero mesmo é me recuperar, voltar a malhar e cada dia mais me reeducar na alimentação.
Gordura nunca mais!!!

Vamos em frene amigos, sempre com Jesus!



sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Nova cirurgia

Meus amigos,
depois de tantas festas e confraternizações voltei ao meu cirurgião - Dr. Arnaldo Pessoa - e ele marcou
minha cirurgia de retirada de vesícula para o próximo dia 17 de Janeiro.
Estou orando para que Deus mais vez utilize as mãos abençoadas dele e realize minha cirurgia.
Ele está no controle de tudo!
Pela primeira vez, depois de muitos e muitos anos, passei pelas confraternizações, natal e reveillon sem aumentar meu peso. Glória a Deus por isto!
Mesmo diante de uma mesa farta de comidas e guloseimas... Não sinto mais aquela vontade enlouquecida
para devorar tudo. O pouco que como é mais que suficiente... e assim é mais fácil não engordar.
Mas o medo existe. Fico sempre me policiando para não voltar a comer como antes.
Tenho pavor de engordar novamente.
Antes que me esqueça, meus novos exames deram bons com exceção da vitamina D - a vitamina do sol - como é popularmente conhecida.
Ela é essencial para os ossos. Ela baixa provoca osteoporose e outros problemas nos ossos.
Vou tomar Depura e tomar banho de sol - uma praia faz bem, afinal estou amarela mesmo... kkkk
Tirei novas fotos pra registrar o sétimo mês após a bariátrica.
E vamos em frente amigos, sempre com Jesus!!!